“Ele clicou sem querer em sites”, diz defesa de homem preso em operação da PF - DoAmapá.com “Ele clicou sem querer em sites”, diz defesa de homem preso em operação da PF - DoAmapá.com

“Ele clicou sem querer em sites”, diz defesa de homem preso em operação da PF



A defesa de Fábio Cristiano entende que vírus de computador fizeram os downloads do conteúdo pornográfico e que seu cliente também estava sob efeito de remédios.

Por Valdeí Balieiro

A 5ª fase da Operação Luz na Infância, deflagrada na manhã desta quarta-feira (05), pela Polícia Federal, com o objetivo de identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet, conseguiu efetuar a prisão de um homem em Macapá.

Fábio Cristiano de Brito Silva, de 40 anos, foi flagrado com materiais de pornografia infantil em sua residência no bairro Jesus de Nazaré. Ele teve os materiais apreendidos e foi encaminhado para a superintendência da PF, em Macapá, onde presta esclarecimentos e seguirá preso até a audiência de custódia.

Policiais federais na casa de Fábio, durante a operação desta manhã. (Foto: Divulgação/PF)

O advogado Diego Morpheu, quem faz a defesa de Fábio Cristiano, disse que seu cliente não teve a intenção de cometer os atos ilícitos e que tudo poderá ser explicado no decorrer do processo.

“Ele estava acessando alguns sites e apareceram aqueles spams, propagandas na navegação dele onde, sem querer, acabou clicando. Aquela ação acabou remetendo a uma espécie de vírus que realizaram os downloads dos vídeos ao computador dele. O que poderia acontecer com qualquer usuário normal de internet. Ele não faz parte de quadrilha, grupo, não aliciou ninguém, não tem contato com ninguém. Foi uma fatalidade”, explicou Morpheu.

De acordo com a Polícia Federal, Fábio Cristiano responderá pelos crimes de compartilhamento e armazenamento de conteúdo pornográfico de criança ou adolescente. Se condenado, as penas podem chegar a 10 anos de reclusão.

Publicado em: 04/09/19


Compartilhe:

Deixe seu comentário