Operação contra crimes ambientais, tráfico de drogas e armas é realizada no porto de Santana - DoAmapá.com Operação contra crimes ambientais, tráfico de drogas e armas é realizada no porto de Santana - DoAmapá.com

Operação contra crimes ambientais, tráfico de drogas e armas é realizada no porto de Santana



Um animal silvestre foi apreendido e seu dono autuado em flagrante. Os policiais civis usaram um cão farejador e uma embarcação foi revistada.

Da Redação

A Polícia Civil do Amapá, por meio do Departamento de Polícia, realizou uma operação batizada de “Porto Blindado”, em Santana, distante 17 quilômetros de Macapá. O objetivo da operação é prevenir e combater crimes ambientais, tráfico de drogas e armas que chegam ou saem através do porto de Santana.

De acordo com a PC, a operação teve início com a chegada de um navio particular que realiza a rota entre Santarém e Macapá, mas atraca no porto do grego, em Santana. Ao todo, 40 passageiros foram revistados e tiveram seus nomes checados junto ao sistema de foragidos da justiça. Além disso, as bagagens e as dependências da embarcação também foram alvos de revistas. Os policiais usaram um cão farejador.

Durante uma das revistas, um animal silvestre foi apreendido e o suposto dono foi encaminhado à delegacia para lavratura do auto de flagrante. Ele responderá por crime contra a fauna. Para o delegado Leandro Leite, a intenção assegurar a lei nas fronteiras interestaduais.

Delegado Leandro Leite. (Foto: Doamapa.com)

“Hoje, realizamos uma operação voltada para a prevenção de crimes, visando assim, garantir que a nossa fronteira interestadual esteja segura”, destacou o Delegado Leandro Vieira Leite, que coordenou a operação.

Participaram da operação, delegados e agentes da 1ª, 5ª, 6ª, 7ª e 9ª Delegacias de Polícia da Capital; a Equipe de Capturas; o Departamento de Polícia do Interior e o Canil K-9.

Publicado em: 04/10/19


Compartilhe:

Deixe seu comentário